segunda-feira, 7 de maio de 2018

Tarifa do metrô de Belo Horizonte (MG) pode subir de R$ 1,80 para R$ 3,40 nas próximas semanas


A tarifa do metrô de Belo Horizonte pode subir de R$ 1,80 para R$ 3,40 nas próximas semanas, informou, neste sábado (5), o Sindmetro (Sindicado dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais). De acordo com o sindicato, o reajuste tarifário, que representa um aumento de 88% no valor atual, foi aprovado em uma reunião entre gestores da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), em Natal (RN), na sexta-feira (4).
Há quase 12 anos sem reajustes, a tarifa do metrô já era objeto de um plano de ação da CBTU, finalizado em dezembro de 2017, que prevê um aumento gradual, de R$ 20 a R$ 3,24, começando a partir deste ano. No entanto, o Sindmetro afirma que a tarifa vai subir direto para um valor entre R$ 3,20 e R$ 3,40. A reportagem não conseguiu contato com representantes da CBTU para confirmar a informação. 
"Será um reajuste em nível nacional. Em Recife (PE), já se sabe que a tarifa vai para R$ 3. E nos estados em que se cobra R$ 0,50, vai para R$ 1. Em BH é que o valor ainda está oscilando entre R$ 3,20 e R$ 3,40", explica o presidente do Sindmetro, Romeu José Machado Neto. "Essa era uma vontade antiga do governo. O anúncio será feito até a próxima sexta-feira e a tarifa já deve mudar na outra semana", completa.
Para Machado Neto, o reajuste é "fora de propósito" em vista à atual situação econômica do país e às condições do metrô. "A CBTU não tem investimentos há anos. Se o reajuste viesse junto com obras de ampliação, era até justificável. Mas, pelo contrário, além de não investirem, o custeio para manter a operação do metrô foi cortado em 42%", afirma. "Ou seja, reduzem o que se gasta e aumentam a tarifa. Assim maquiam a situação da empresa para atrair investimentos da iniciativa privada", critica. 
Hoje em Dia – 05/05/2018

Nenhum comentário: