quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Usuários reclamam do fechamento de bilheteria da CPTM no ABC


Usuários que utilizam a estação Prefeito Celso Daniel – Santo André, na Linha 10 – Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) reclamam do fechamento de uma das bilheterias que ficava na passagem subterrânea pertencente ao terminal. Segundo o Governo do Estado, o guichê teve as atividades encerradas no dia 6 de fevereiro, após avaliação do primeiro mês da alteração de horário de utilização do túnel que faz integração da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) com a estação da CPTM. Ainda conforme a nota da companhia, a mudança visa beneficiar usuários que utilizam cartão.
“Eu não estava sabendo que tinha fechado. Acredito que teriam que ter informado de uma maneira melhor”, explicou a estudante Shirley Gonzales, 19, anos. Shirley utiliza os trens da CPTM três vezes por semana para se locomover até um curso na Capital. “Poderiam reabrir a bilheteria”, sugeriu.
Somente em Santo André, 1.230.000 pessoas por mês utilizam os trens da companhia e as reclamações de fila estão concentradas nos períodos de pico, quando a maioria das pessoas vai ou retorna do trabalho.
Este é o caso da cabeleireira Roseane Ferreira, 29, que embarca no transporte para chegar ao salão de beleza onde trabalha. “Essa demora na fila pode causar transtorno para os trabalhadores, que podem chegar atrasados”, relatou. “Não estava sabendo do fechamento daquele guichê. Será que eles vão reabrir?”, questionou.
No guichê desativado pela CPTM há um cartaz que avisa que ele não funcionaria mais a partir do dia 6, mas este é o único aviso que informa o usuário. No guichê que fica na Rua Itambé, em frente ao terminal da EMTU, não há qualquer tipo de aviso.
Sílvia Henrique, 46, foi outra usuária pega de surpresa pela decisão da companhia, mesmo após 14 dias do fechamento do ponto de venda. Informada de que o funcionamento da bilheteria tinha sido suspenso após estudo da CPTM, Sílvia relata que isso não foi correto e que reabri-la poderia resolver o problema das filas. “Acho que teriam que pensar mais em quem usa os trens todos os dias”, disse.
A CPTM explica também que o horário do túnel de integração entre a estação da CPTM e o terminal da EMTU foi expandido e que uma alternativa para quem utiliza cartões é utilizar os dois validadores instalados no acesso. 

Diário do Grande ABC – 20/02/2017

Nenhum comentário: