quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Estudante é arrastado e agredido por seguranças da CPTM em estação de trem


Ele foi abordado pelos agentes porque estava sentado no chão.
Os seguranças acusados de agredir um passageiro na estação Barra Funda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) irão responder por abuso de autoridade e lesão corporal. O estudante de Direito Arthur Damacena Silva, de 20 anos, esperava pela namorada, na última terça-feira, quando foi abordado pelos agentes ferroviários, porque estava sentado no chão da plataforma.
O jovem disse que, ao se negar a levantar, foi imobilizado e arrastado pelos seguranças até um corredor longe dos olhares de todos e, lá, começou a ser agredido. Somente depois disso, Arthur foi enfim encaminhado para a Delegacia do Metrô, localizada ao lado da estação Barra Funda, onde ele e os agentes envolvidos foram ouvidos pelo delegado.
Depois do boletim de ocorrência – onde o jovem aparece como vítima – Arthur foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) para passar por exame de corpo de delito.
A polícia agora vai analisar imagens do circuito interno de TV. Numa delas, um dos agressores aparece sem uniforme – ele é um supervisor de segurança da companhia e alegou ter agido com energia porque o jovem estaria descontrolado.
O pai do universitário esteve na delegacia para acompanhar o filho e disse que vai processar a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Em nota, a assessoria de imprensa da CPTM informa que vai apurar os fatos e tomar as medidas cabíveis.
Tarobá – 08/02/2017

4 comentários:

Anônimo disse...

Tem que demitir o miserável.

SINFERP disse...

Nunca dá nada.

Anônimo disse...

pode ter havido exagero, mas o sujeito sabe que é proibido sentar no chao da plataforma, é convidado a se levantar e recusa, e aí, vai se fazer o que? nos trns da linha 8 o gangway virou sinonimo de assento. o que deveria servir de facilitador parapassageiros, virou assento para mal educados e festa para mbulante. e muitas dessas pessoas quando vc vai transitar por ali, alem de nao mover 1 cm para dar passagem, ainda acham com vc, sendo q eles estao errados. a verdade é que nosso povo anda muito mal educado, perdeu a noçao dos respeito. hoje em dia ninguem respeita ninguem, ninguem está nem aí pros outros. o errado vira certo.

SINFERP disse...

Sim, é verdade. Tem de tudo. Fato é, porém, que esses caras se envolvem em situação como essa por pouco, mas nada fazem quando diante de situações verdadeiramente absurdas.