terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Em 5 anos transporte individual cresceu 3,6 vezes mais que trens e metrôs, diz CNT


Entre 2010 e 2015, transporte individual cresceu 24,5%, enquanto o metroviário, 6,7%; dados fazem parte de pesquisa da CNT sobre transporte metroferroviário de passageiros.
O transporte individual de passageiros cresceu 3,6 vezes mais do que o transporte de trens e metrôs entre 2010 e 2015, apontou levantamento divulgado nesta segunda-feira (12) pela Confederação Nacional de Transporte (CNT).
Ainda de acordo com o estudo, nas 13 regiões metropolitanas com sistemas de trens de passageiros e metrô a população cresceu 6,2% entre 2010 a 2015. No mesmo período, afirma a CNT, a frota de transporte individual – carros e motos – cresceu 24,5%, enquanto a malha do sistema metroferroviário se expandiu apenas 6,7%.
Os dados da pesquisa “Transporte metroferroviário de passageiros” mostram ainda que o aumento do transporte individual leva a “mais congestionamentos e deslocamentos diários cada vez mais demorados”.
O estudo da CNT estima que o Brasil precisa construir 850 quilômetros de malha de metrôs e trens de passageiro para modernizar o transporte urbano nas grandes cidades. Atualmente, o país tem 1.062 quilômetros de trens de passageiros e metrôs. Para ampliar a malha seriam necessários investimentos de R$ 167,13 bilhões.
“Sem os investimentos corremos o risco de ter uma estagnação. Se o sistema não crescer, a qualidade cai, o que inibe a entrada de novos usuários”, afirmou o diretor executivo da CNT, Bruno Batista.
G1 – 12/12/2016

Nenhum comentário: