sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Trem a hidrogênio pode causar uma revolução sobre trilhos


Novo trem é 100% abastecido pelo elemento mais leve e abundante do mundo, e não polui o meio ambiente.
Promessa: Alemanha apresentou recentemente ao mundo o primeiro trem de passageiros totalmente movido por hidrogênio para viagens de longa distância.
Das antigas locomotivas a vapor aos atuais trem-bala e de levitação magnética, as inovações tecnológicas sobre trilhos não dão trégua na busca por maior eficiência, e até o meio ambiente está ganhando com isso.
A Alemanha apresentou recentemente ao mundo o primeiro trem de passageiros totalmente movido por hidrogênio para viagens de longa distância.
Desenvolvido ao longo de dois anos pelo grupo industrial francês Alstom, o trem chamado de Coradia iLint promete ser uma alternativa aos poluentes trens a diesel em circulação na Europa – só na Alemanha, são mais de 4.000 carros.
Ele é equipado com baterias de íons de lítio alimentadas pela energia gerada da reação entre o hidrogênio, armazenado em células de combustível localizadas sobre o trem, e oxigênio.
A tecnologia garante emissão zero de poluentes, gerando apenas vapor de água condensada durante o processo.
Quando entrar em operação, em dezembro de 2017, o trem realizará viagens regionais mais silenciosas – os únicos sons vêm do atrito das rodas com o trilho e da resistência do ar – e sem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.
A nova tecnologia foi apresentada durante a Inno Trans, maior feira da indústria ferroviária, e começará a ser testada no fim deste ano. Segundo o jornal The Independent, o sistema já despertou interesse de outros países, como Holanda, Dinamarca e Noruega.
Longe dos trilhos, no mundo dos quatro-rodas, os sistemas de geração de energia a partir do hidrogênio também ganham fôlego. No começo deste ano, a montadora Honda lançou seu primeiro modelo movido por células de combustível de hidrogênio produzido em série, o Honda Clarity, que rivaliza com o também nipônico Toyota Mirai.
Superinteressante – 04/11/2016

3 comentários:

Anônimo disse...

O problema de se utilizar o Hidrogênio . Vazou , houve centelhamento :
Pronto , virou trem BOMBA !

SINFERP disse...

Hum...... Parece que é muito seguro.

Anônimo disse...

Parece seguro .....pura impressão...

Toda tecnologia traz consigo riscos...

Até aqueles considerados improváveis...

Vide Metra no grande ABC. .