domingo, 6 de novembro de 2016

Obras do VLT avançam em Fortaleza (CE)


O avanço das obras de construção do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT, ramal Parangaba – Mucuripe, vai gerar a interdição temporária da rua Antônio Fiúza, no bairro Itaoca, a partir da noite desta sexta-feira (4). A via irá receber serviços de drenagem, previstos para serem concluídos em 30 dias.

A obra na via cumprirá mais uma etapa de conclusão dos trabalhos no trecho 2, que fica entre as estações Borges de Melo e Parangaba, e já está em fase de operação experimental entre as estações Montese e Borges de Melo. Nesta fase, o trem circula sem passageiros, de segunda a sexta-feira, das 10 às 11h, realizando quatro viagens por dia. O percurso de 3,6 quilômetros equivale a 70% do trecho 2 do VLT, composto ainda pelas estações Parangaba e Vila União; e 30% de toda a obra do modal. A previsão é que o trecho completo entre em operação assistida, com transporte de passageiros de forma gratuita, até o final de 2016.

Além dos avanços no trecho 2, o trecho 1, que compreende a construção da passagem inferior da avenida Borges de Melo, também dá continuidade aos trabalhos. Para dar início às escavações do túnel, a avenida Borges de Melo, no sentido leste-oeste, será estreitada e terá apenas uma faixa liberada para tráfego a partir do próximo sábado (5).

Desvios de tráfego

Para viabilizar as obras de drenagem, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) implantará um novo desvio de tráfego na madrugada de sexta para sábado. A passagem de nível da Rua Antônio Fiúza, no trecho compreendido entre as ruas Elcias Lopes e Júlio Verne, será bloqueada. Agentes do órgão darão suporte operacional à intervenção, que deve durar 30 dias.

A opção de desvio para quem trafega na Rua Antônio Fiúza é dobrar à esquerda na Rua Elcias Lopes, à direita na Rua Equador, retornando à esquerda na Rua Galileu. Para possibilitar esse desvio, a Rua Equador, que hoje opera com sentido único, passará a operar com sentido duplo de circulação entre as ruas Elcias Lopes e Júlio Verne.

A sugestão da AMC para os veículos que trafegam pela Av. Dr. Silas Munguba em direção ao Montese é procurarem utilizar a Av. Bernardo Manuel ou a Av. Germano Franck no intuito de facilitar os deslocamentos.

Neste mesmo período, a Av. Borges de Melo será estreitada no sentido leste-oeste entre as ruas Bartolomeu de Gusmão e Jorge Acúrcio para a construção das paredes do túnel rodoviário. A sugestão, neste caso, é utilizar a Br-116 e Av. Eduardo Girão.

Em virtude das mudanças, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informa que o itinerário das linhas (064) Corujão/Aeroporto/Centro/Rodoviária, (095) Cj. Prefeito José Walter, (099) Siqueira/Mucuripe/Barão de Studart, (403) Parangaba/Centro/Expedicionários, (405) Parque Dois Irmãos/Expedicionários, (406) Planalto Ayrton Senna/Expedicionários, (407) Cj. José Walter/Expedicionários e (728) José Walter/Centro – STPC seguirá o desvio sugerido pela AMC.

VLT

As obras de construção do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT, ramal Parangaba-Mucuripe, estão com mais de 60% de execução. Quando finalizado, o VLT terá 13,4 quilômetros ligando os bairros Mucuripe e Parangaba. Desta extensão, serão 12 quilômetros em superfície e 1,4 quilômetros de trechos elevados. O projeto do Governo do Ceará visa à remodelação do ramal ferroviário Parangaba-Mucuripe, hoje utilizado para transporte de carga, objetivando a utilização do mesmo para transporte de passageiros.

O Ramal atravessa 22 bairros, área que concentra mais de 500 mil moradores de Fortaleza. A previsão de demanda potencial do novo modal é de 90.000 passageiros por dia. O projeto prevê a construção de três tipologias de estação: a de Parangaba será elevada, possibilitando a total integração à Linha Sul do Metrô de Fortaleza e ao terminal rodoviário do bairro. A estação Papicu também será diferenciada e se integrará à Linha Leste do Metrô e o terminal rodoviário. As oito estações restantes terão a modelagem padronizada.

Ceará agora – 04/11/2016

Nenhum comentário: