segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Resoluções do último Encontro dos Coxinhas Paulistas em Defesa da Democracia no Trânsito e no Transporte


6 comentários:

Anônimo disse...

Resume bem o que é a classe média paulistana, tenho certeza que mesmo se tivemos mais de 1000 quilômetros de transportes sob trilhos e ótimos corredores de ônibus ainda assim andariam de carro pois no imaginário desse público, transporte público é coisa de pobre, da ralé.
Engraçado que quando viajam para o exterior, acham "descolado" andar de transporte público por lá para postar nas redes sociais.

Anônimo disse...

O sucesso do UBER em São Paulo é mais uma prova de como a classe média paulistana tem total desprezo pelo transporte público, mesmo se ele fosse vasto e eficiente pela Região Metropolitana, esse público daria de costas para ele por toda conotação pejorativa que ele tem. O mesmo pode ser dizer do cicloativismo.

Anônimo disse...

exatamente por isso o governo deve fazer mais transporte publico de massa nos bairros mais distantes. a linha 6 já foi provada atraves de estudos que ajudará mais quem mora nas regioes centrais que nas regioes perifericas.

SINFERP disse...

Amigo: esses caras não são classe média. Fazem parte da nova classe trabalhadora, mas artificialmente chamada de média com base em nível de consumo. Tudo que é "coletivo" tem para essa gente cheiro de pobreza. Na Europa percebe que seu pensamento é de "novo rico", pois europeu não tem essa mentalidade.

Anônimo disse...

Linha 6 já era ?! Sonho bem distante . . . 2050 . . .
http://www.arquisp.org.br/regiaobrasilandia/noticias/sonho-do-metro-na-brasilandia-e-paralisado

PPP não passa de puro "Enrolation" . . .

SINFERP disse...

Valeu a dica da notícia da últimas embromation.