domingo, 16 de outubro de 2016

Cinco (das muitas) coisas que (só) acontecem no metrô do Recife


Você leitor, que acompanha o JC Trânsito, sabe que o metrô do Recife é um assunto recorrente nas postagens da página. Na tarde desta quinta-feira (13), através de um vídeo recebido pela TV Jornal, noticiamos a presença de um cavalo nos trilhos do metrô da Estação Afogados, na linha Centro. O equino chamou atenção dos passageiros e também dos nossos leitores. Mas não foi a primeira vez que mostramos um fato inusitado relacionado ao metrô. Cavalo, bode, peixe, caranguejo e até mortadela foram objetos encontrados nas estações. Relembre os casos:



Bode

No dia 28 de agosto deste ano, o leitor Alexandre Lopes enviou um flagra do metrô de Camaragibe. Um bode, vestido com a camisa do Sport, andando pela estação, no dia em que o time pernambucano enfrentou o Internacional. Apesar de simpático, o "torcedor" não deu sorte. O rubro-negro saiu apenas com um empate.

Caranguejo

Em junho deste ano, uma foto de um vendedor de caranguejo foi enviada por meio do aplicativo ComuniQ, por Valdir Pedro.

Peixe

Também neste ano, no mês de março, um vendedor de peixes foi flagrado. "Peixinhos para áquario, um é R$ 4, três por R$ 10”, dizia a postagem do JC Trânsito no Facebook. 

Mortadela

Em março, a repórter Amanda Miranda foi ao metrô e entrevistou o vendedor ambulante Lucas, de 22 anos, que estava comercializando mortadela nos trens do metrô do Recife. O produto foi novidade até para os passageiros que já haviam presenciado a venda de sopa, caranguejo, desodorante e até conjunto de facas. 

Cavalo

O caso aconteceu nesta semana. Um cavalo entrou pelos muros do metrô na estação Afogados e passeou pelos trilhos. De acordo com a assessoria de comunicação da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), o animal foi retirado pelos seguranças do metrô e não ficou ferido.

O parceiro do NE10, o Hipster Recifense, faz uma postagem com o cavalo, fazendo referência ao filme "Animais fantásticos e onde habitam", que estreia no dia 17 de novembro deste ano.

Fiscalização

A ação de ambulantes é proibida pelo Decreto Federal nº 1.832, de 4 de março de 1996, e pelo Regulamento do Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP), através do Decreto nº 14.845, de 28 fevereiro de 1991.

NE 10 – 14/10/2016

Comentário do SINFERP

4 comentários:

Anônimo disse...

No "shopping trem" em sampa rola chocolate ( ruim ) , salgado ( bacon
envelhecido) , balas "Fini" e de vez em quando "cerveja" .

Já vi num mesmo carro de três a quatro vendedores "vendendo" a mesmíssima coisa.

E até começaram a vender "produto eletrônico".

Logo , logo venderam até celular "explosivo"...

Até um dia um usuário de machucar....rsr.

SINFERP disse...

Preferem vender produtos baratos, pois assim "os seguranças" não têm interesse na apreensão. Bem, com produtos caros....

Pregopontocom Tudo disse...

Aqui não tem disso não moço......oiiiaaaaa....nem nos trens cacarecados do subúrbio ferroviário acontece...........mas nos buzusssss....é diário......e corriqueiro...

SINFERP disse...

É só uma questão de tempo. Rsrsrs