sexta-feira, 22 de abril de 2016

Passageiros saberão tempo para chegada de trens na Estação Arniqueiras (DF)

Segundo o Governo do DF, até o fim do ano, mais nove estações deverão oferecer o sistema: Central, Galeria, 112 Sul, Shopping, Guará, Águas Claras, Praça do Relógio, Ceilândia Centro e Furnas.

Quem pegar metrô na Estação Arniqueiras a partir desta quarta-feira (20/4) poderá saber o tempo exato que os trens levarão para chegar. Ainda em fase de testes, um sistema de sinalização on-line desenvolvido pela Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) indicará os minutos de espera por meio de painel eletrônico instalado na plataforma de embarque e desembarque.
A ferramenta foi criada por oito servidores da Diretoria Técnica e da área de tecnologia da informação da empresa pública. Eles aproveitaram o programa de sinalização das vias usado para garantir, por exemplo, que os veículos não trafeguem no mesmo trilho em horários similares. Em parceria com uma empresa particular, que arcou com os custos do equipamento e da instalação, o Metrô-DF testará o painel por até 60 dias.
Durante a cerimônia de lançamento da versão experimental do sistema nesta quarta-feira (20), o diretor-presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, destacou que, na pesquisa de satisfação do cliente relativa à 2015, a economia de tempo aparece em primeiro lugar entre os itens relacionados à fidelização do passageiro. “Esse projeto vai ao encontro da grande motivação do usuário, porque, com isso, ele vai chegar à plataforma e saber exatamente em quantos minutos o próximo trem vai estar na estação”, explicou.
De acordo com a companhia, 170 mil pessoas utilizam os serviços do metrô por dia. Na estação Arniqueiras, o público diário é de 10,5 mil.
Critério
De acordo com a titular da Diretoria Técnica do Metrô-DF, Daniela Diniz, Arniqueiras foi escolhida para o período de experiência por ter movimento semelhante no início da manhã e no fim da tarde, horários de pico. “Os usuários desta estação são os que mais procuram a Ouvidoria do Metrô-DF para sugerir e reclamar.”
No período, tanto servidores quanto passageiros poderão opinar sobre o funcionamento do sistema por meio da ouvidoria. Ao término da fase de testes, os comentários pertinentes serão aproveitados para aprimorar o serviço. A ouvidoria responderá a todos que entrarem em contato.
Até o fim do ano, mais nove estações deverão oferecer o sistema: Central, Galeria, 112 Sul, Shopping, Guará, Águas Claras, Praça do Relógio, Ceilândia Centro e Furnas.
Licitação

A instalação dos painéis é a primeira de três etapas da modernização do sistema de informação do Metrô-DF. Na segunda, todas as áreas que envolvem operação, manutenção e gestão da empresa pública terão acesso aos painéis on-line. O objetivo é criar condições mais favoráveis ao trabalho das equipes para rastrear incidentes e monitorar atrasos. A última fase será o acesso da população por meio de aplicativo em tablets e em smartphones.
O monitoramento do painel nessa fase de testes ficará a cargo da Diretoria Técnica. Após os 60 dias, a companhia lançará edital de licitação para adquirir equipamentos definitivos para as dez estações. O valor ainda está em análise. Depois, o serviço será expandido para todas as estações de Brasília.

Metrópoles – 20/04/2016

Nenhum comentário: