sábado, 5 de março de 2016

Expresso (CPTM) já foi opção para ligar SP a aeroporto de Guarulhos

São Paulo - Quando a Linha 13-Jade da CPTM foi anunciada, em 2009, a grande promessa do governo paulista para fazer a inédita ligação da capital até Cumbica era o Expresso Aeroporto. O projeto consistia na construção de uma linha direta (sem paradas) com 28,3 quilômetros de extensão que ligaria o centro da cidade até Guarulhos em 20 minutos, com tarifa de R$ 35 para atender cerca de 20 mil passageiros por dia.

A proposta, feita ainda na gestão do ex-governador José Serra (PSDB), era de que o Expresso Aeroporto fosse operado pelo setor privado, a exemplo da Linha 4-Amarela do Metrô. Um edital de uma concorrência internacional para a construção do Expresso Aeroporto, que seria a Linha 14-Ônix, chegou a ser lançado em junho de 2009. O vencedor ficaria encarregado de construir também a Linha 13-Jade, que iria até Guarulhos, mas não chegaria ao aeroporto, em um investimento de R$ 2,4 bilhões. O projeto não vingou.
Desde 2013, o projeto da Linha 13 passou a ser a única opção para ligar a capital ao aeroporto, e a Linha 14 teve o traçado alterado, ligando Guarulhos ao ABC paulista, mas sem prazo para sair do papel. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo


Uol – 05/03/2016

2 comentários:

Luiz Carlos Leoni disse...

Já estamos em 2016, e novamente é adiado o início da expansão da linha 2-Verde do metrô até Guarulhos, e não deve ter sua extensão concluída até 2020 se dependermos destes atuais governantes federais, estaduais e municipais.

No Brasil não existe uma lei semelhante a das Responsabilidades Fiscal (mais conhecida como "Pedaladas fiscais"), que pune os governantes que gastam mais do que arrecadam, e que burlam a lei, por este motivo não acontece punição alguma para quem promete nas campanhas eleitorais e não as cumpre.

O resultado disto são as inumeráveis obras incompletas ou mal planejadas, como as maiorias das ociosas ciclovias em detrimento aos corredores de ônibus e o questionável Monotrilho, e infindáveis festivais de compromissos não cumpridos, e os responsáveis imputados.

De qualquer forma a extensão da Linha 2-Verde atualmente continua a ser a melhor opção do que quaisquer outras que é a de se utilizar as linhas 13- Jade ou 12-Safira congestionadas da CPTM ou a projetada linha 14-Onix que nem saiu do papel ou os Monotrilhos.

SINFERP disse...

Transporte é uma boa bandeira política, Leoni, mas apenas isso. Se levarmos a sério os planos e "desejos" do governo de nosso Estado, amigo, já estaríamos com trens e metrô nos levando até a lua. Desde que os mesmos ai estão, e isso faz tempo, a CPTM encolheu e o Metrô nunca cresceu como poderia e deveria. A essa gente interessa apenas comprar composições novas, pois todo mundo vê e, a julgar pelas denúncias nunca investigadas, é rentável. São cínicos Leoni, todos eles são cínicos.