quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Com horário estendido, passageiros aproveitam viagem gratuita em VLT (Santos – SP)

A partir desta segunda-feira, modal passa a circular entre 9h e 16h, entre Santos e São Vicente.
As viagens de teste do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), a partir desta segunda-feira (4), passam a ser realizadas em um novo horário: das 9h às 16 horas. No primeiro dia de operação assistida, em período estendido, o modal registrou circulação elevada entre passageiros que se deslocaram de Santos a São Vicente.  
Entre os passageiros, alguns aproveitavam a viagem para matar a curiosidade sobre o novo meio de transporte. Outras economizaram com o transporte, realizando o deslocamento, nesta manhã, para o trabalho. 
Esse é o caso da estagiária de informática, Joice Fogaça de Souza dos Santos, de 26 anos. Moradora da Vila Margarida, em São Vicente, ela tem usado o VLT para trabalhar, no período da tarde.  Hoje, como tinha um compromisso em Santos, aproveitou o horário mais cedo. "O VLT facilita porque pego menos trânsito para o trabalho. Dá 20 a 30 minutos dentro do VLT".  
Como por enquanto a viagem é gratuita, o aposentado Wilson Cesar Santos Pinto, 54 anos, aproveitou a manhã desta segunda para passear com a filha Bárbara, de 6 anos e conhecer o novo modal. “É bem confortável e vai ser bem mais rápido do que os ônibus. O povo vai aderir. O principal atrativo é a facilidade. Mesmo parando no semáforo, é bem mais rápido".
Esta é a última etapa antes da cobrança de tarifas. A previsão para o início da operação tarifada era para o primeiro dia útil do ano, mas foi adiada para o próximo dia 31 de janeiro. As passagens devem custar de R$ 3,90 a R$ 4,10 (se incluída a integração com ônibus). 
A próxima alteração depois da cobrança será outra ampliação de horário. De 31 de março a 30 de setembro, o VLT deve atender das 7 às 19 horas e, a partir disso, das 6 às 23 horas.
A população vai dispor de seis veículos, que sairão com intervalos de dez minutos cada, atendendo a nove estações construídas para o trecho Barreiros/Porto. São eles: Mascarenhas de Moraes, São Vicente, Emmerich, Nossa Senhora das Graças, José Monteiro, Itararé e João Ribeiro em São Vicente; e Nossa Senhora de Lourdes e Pinheiro Machado, em Santos.
O percurso, com aproximadamente 6,8 quilômetros, será cumprido em até 20 minutos, com velocidade média prevista, nesta fase, de 20km/h. 
A Tribuna – 04/01/2016

Um comentário:

Monaco disse...

Boa notícia!