sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Estação Luz da CPTM permanece sem previsão de reabertura

Decisão partiu da Defesa Civil da Prefeitura de São Paulo
Dentro dos trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), os alto-falantes trazem o aviso: “por motivo de incêndio na estação Luz, os trens da linha 11-Coral estão circulando somente até a estação Brás”. Na linha 7-Rubi, que também fazia final na Luz, os passageiros devem desembarcam em Palmeiras-Barra Funda.
Agora, as quase 400 mil pessoas que viajavam até a Luz todos os dias terão de fazer um trajeto bem mais tortuoso para chegar ao trabalho ou em casa. De acordo com a CPTM, a estação permanecerá fechada por tempo indeterminado. A decisão partiu da Defesa Civil da Prefeitura de São Paulo.
A interrupção aconteceu na última segunda-feira, dia 21, quando um incêndio de grandes proporções atingiu o Museu da Língua Portuguesa, dentro da estrutura da estação. Como alternativa, há integração gratuita com a linha 3-Vermelha do metrô nas estações Brás e Barra Funda. As estações Luz da linha 1-Azul e linha 4-Amarela da ViaQuatro estão operando normalmente.
Após avaliação do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), a estrutura afetada receberá obras de contenção para garantir a segurança dos passageiros, além da retirada total dos escombros. Há riscos de desabamento sobre as plataformas de embarque, alerta a Prefeitura, segundo o Estadão.

O prédio tem mais de 100 anos é um importante patrimônio da cidade, tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico), pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) e também pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).


Catraca Livre – 23/12/2015

Nenhum comentário: