sexta-feira, 5 de junho de 2015

'Essa violência a gente não espera’, diz padre que levou tiro no Metrô em SP

Menores, de 16 e 17 anos, fizeram arrastão dentro de trem na Linha 1- Azul. Crime ocorreu por volta das 16h desta quarta-feira (3).

O padre atingido por um tiro durante um arrastão no Metrô de São Paulo na tarde desta quarta-feira (3) passa bem, mas ainda se recupera do susto causado por dois adolescentes. Eles dispararam contra o religioso dentro do vagão na Estação Parada Inglesa, da Linha 1-Azul, na Zona Norte. “Essa violência a gente não espera, nem dentro de casa, nem fora de casa”, disse Wilson Pereira dos Santos.

O tiro pegou de raspão, mas atravessou sua perna direita, sem maior gravidade.

O arrastão foi feito por dois adolescentes, de 16 e 17 anos, por volta das 16h. Eles entraram na Estação Jardim São Bento e roubaram nove celulares e uma carteira até chegar à Estação Parada Inglesa.

Quando o trem parou na estação, ameaçaram atirar caso alguém saísse do trem e dispararam contra o padre, de 35 anos. Em seguida fugiram correndo e a segurança do Metrô acionou a Polícia Militar.

Os policiais fizeram buscas no entorno da Estação e encontraram os menores, que foram apreendidos e encaminhados para uma unidade provisória da Fundação Casa. A arma usada no crime estava com o mais novo, segundo a polícia.


G1 – 04/06/2015

Nenhum comentário: