quarta-feira, 11 de março de 2015

Procon-RJ processa MetrôRio por defeito em ar-condicionado

O Caso ocorreu na quarta (14) por volta das 18h perto da estação Glória. Metrô disse que problema de sinalização deixou tráfego lento.

Procon Estadual instaurou nesta quinta-feira (15) um processo administrativo contra o MetrôRio devido ao defeito no ar-condicionado em uma de suas composições no horário do rush na noite da quarta (14). De acordo com o órgão, o defeito foi registrado em vídeo por um dos usuários da composição na altura da estação Glória.

Segundo o Procon Estadual, a ausência de ar-condicionado, em pleno verão carioca, em uma composição lotada cujas janelas não podem ser abertas pode gerar graves problemas aos usuários. De acordo com o art. 6° do Código de Defesa do Consumidor (CDC), o consumidor possui o direito básico de adequada prestação dos serviços públicos em geral. Além disso, o CDC, em seu art.22, diz que órgãos públicos ou suas concessionárias são obrigados a fornecer serviços eficientes e seguros.

O ato sancionatório determina que o MetrôRio apresente sua defesa em um prazo de 15 dias. Caso sua defesa não seja aceita pelo departamento jurídico do Procon Estadual, a concessionária vai ser multada. O valor vai ser calculado a partir do relatório econômico com base na sua receita bruta dos últimos três meses.

Sufoco na quarta (14)

Passageiros do Metrô Rio passaram por um sufoco na quarta (14) por causa do forte calor e do atraso na saída de uma composição. Como mostrou o Bom Dia Rio nesta quinta-feira (15), o problema ocorreu por volta das 18h, perto da estação da Glória, Zona Sul. Um passageiro ficou revoltado e acionou a emergência da composição, que ficou parada.

Imagens de um cinegrafista amador mostram o momento em que um agente do metrô conversa com os passageiros sobre o acionamento do alarme:

Agente do metrô - Atenção, usuário, por favor, informe o motivo da emergência e o número do carro.

Passageiro - O número do carro é 2057. Essa p... está com defeito, você não tá vendo? Você está surdo, cara? P..., falta de ar-condicionado e a demora na viagem, p... (sic).

Agente do metrô - Companheiro, o acionamento do alarme ocasiona na parada da composição. Acionar o alarme sem emergência necessária ocasiona em mais atraso na composição. Peço, por favor, normalizar o alarme. (sic).

Segundo o Metrô Rio, um problema de sinalização deixou o tráfego lento por cerca de dez minutos. A concessionária afirmou que os trens não deixaram de circular e pediu que os passageiros não acionem o botão de emergência sem necessidade.

Um pouco mais tarde, a estação da Carioca, no Centro do Rio, estava lotada. Em uma composição que seguia para a estação Pavuna, passageiros que estavam na porta se apoiavam em uma estrutura, que acabou danificada.

G1 – 15/03/2015

Comentário do Sinferp

É. Parece que o tempo do passageiro-gado está com dias contados. Estamos apostando nisso, e faz tempo.


Nenhum comentário: