sexta-feira, 13 de março de 2015

Passageiros são vítimas de arrastão em trem do metrô do Rio

Ataque foi realizado por 4 homens em vagão da Linha 1 (Tijuca/Ipanema). Aos menos 16 pessoas foram assaltadas dentro do trem.

Quatro homens realizaram um arrastão em um vagão do metrô do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (12), por volta das 21h30, informou a Polícia Civil. Sob ameaças, pelo menos 16 pessoas foram assaltadas dentro de uma composição da Linha 1, que seguia para Botafogo. O arrastão ocorreu entre as estações Largo do Machado e Flamengo.

As vítimas contaram que só restou que elas conseguiram esconder, como documentos ou celular. Alguns não tinham nem como voltar para casa. Nenhuma das bolsas das mulheres foi levada. Em compensação, não sobraram celulares, relógios ou alianças.

"Não tem nem como eu entrar em casa porque ele ficou a chave da minha casa. Estou esperando um segurança do metrô para me levar em casa e chamar um chaveiro porque eu não posso nem pagar o chaveiro", contou uma das vítimas.

Trinta passageiros viajavam no vagão da Linha 1, no sentido Botafogo. Quando a composição começava a sair da estação Largo do Machado, os quatro criminosos começaram o arrastão. Dos quatro suspeitos, dois estavam armados.

"Eles estavam ameaçando o tempo inteiro, que se descesse matava... que ninguém fizesse nada", detalhou outra vítima.

Um passageiro conta que só teve o telefone roubado. Ele mora na França e voltava para casa com um amigo de lá. Diz que além do aparelho, perdeu a vontade de voltar a viver aqui.

"Sinto saudade do Brasil, mas essa coisa da segurança pesa muito para mim. Meu amigo falou que não quer mais morar no Brasil.”

A ação durou poucos minutos. O tempo exato que o metrô leva pra ir até a estação seguinte.
Quando chegaram no Flamengo, os suspeitos proibiram os passageiros de descer e fugiram. Pelo menos 16 pessoas foram até a 10ª DP (Botafogo) registrar o casoA polícia agora depende das câmeras dessa estação para identificar os assaltantes. Segundo seguranças do Metrô Rio a composição onde aconteceu o assalto é antiga e não tem equipamentos de vigilância.


"Já requisitamos as câmeras, amanhã (dia 13) de manhã essas imagens já devem estar com a polícia", disse o delegado Rodrigo Brand.

Em fevereiro, criminosos roubaram passageiros do metrô na Linha 2, entre as estações Maria da Graça e Triagem. Segundo o delgado, não são os mesmos que agiram na quinta-feira, na Linha 1. Imagens dos suspeitos do assalto da Linha 2 foram mostradas às vítimas, que não reconheceram os suspeitos.

O Metrô Rio informou que está dando apoio a Policia Civil nas investigações e que vai fornecer as imagens das câmeras de segurança para ajudar a esclarecer o crime. A concessionária, porém, afirma que não se tratou de um arrastão e, sim, de um assalto.


G1 – 13/03/2015

Nenhum comentário: