quinta-feira, 12 de março de 2015

Falha em dois trens complica volta para casa de Metrô no DF

Foto Grazielle Mendes
Problemas no engate tiraram oito vagões de circulação no horário de pico. Estações ficaram lotadas; redução de fluxo deve resolver cenário, diz Metrô.

Usuários do Metrô do Distrito Federal tiveram problemas para acessar o serviço na volta para casa nesta quarta-feira (11). A estação Central, na Rodoviária do Plano Piloto, ficou lotada e os passageiros se espremiam para entrar nos vagões. Segundo a companhia, dois vagões foram retirados de circulação por problemas no engate, o que reduziu a capacidade de transporte.

O Metrô trabalha com capacidade máxima nos horários de pico, entre 6h45 e 8h45 e entre 16h45 e 20h15. São 24 composições em funcionamento, cada uma com quatro vagões e capacidade para 1,4 mil passageiros. Fora dos horários de maior fluxo, 15 trens circulam simultaneamente.

O problema registrado nesta quarta (11) afetou dois trens, ou oito vagões, reduzindo a capacidade em quase 3 mil usuários por viagem. O tempo de espera aumentou nas estações, causando a superlotação.

Até as 20h, não havia registro de confusão nem de feridos. Segundo o Metrô, os trens foram retirados para evitar o “desconforto” dos passageiros com trancos durante o trajeto.

A empresa disse que a forte chuva que atingiu o DF no fim da tarde não afetou o funcionamento do metrô. Os trens em operação registraram velocidade padrão e o atendimento era normal em todas as estações.

A companhia previa a normalização do serviço a partir das 20h30, com a redução do fluxo de passageiros e do número de trens em circulação. As composições que apresentaram problemas no engate serão recolhidas para manutenção. A previsão é de que o sistema seja normalizado nesta quinta (12).

G1 – Mateus Rodrigues - 11/03/2015

Nenhum comentário: