quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Alckmin sanciona lei da tarifa zero para estudantes em trens e Metrô

Alunos da rede pública e com renda baixa na rede privada têm direito. Passe livre também vale para ônibus da EMTU; ônibus municipais já têm.

O governador Geraldo Alckmin sancionou nesta quinta-feira (19) lei que garante tarifa zero aos estudantes nos transportes públicos metropolitanos. Os estudantes já circulam nos ônibus municipais sem pagar nada.

Alunos dos ensinos fundamental, médio e superior da rede pública terão direito ao passe livre no Metrô, nos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e nos ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Os estudantes da rede privada que tiverem renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa também terão direito ao passe livre.

Os estudantes poderão usar 48 passagens gratuitas por mês. Se não usarem, as passagens não ficam acumuladas para o mês seguinte. Cerca de 615 mil estudantes serão contemplados na região metropolitana de São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Vale do Paraíba e Litoral Norte.


G1 – 19/02/2015

2 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso na linha 10, mais um trem da série 2100 teve príncipio de incêndio, a quinta unidade em menos de dois anos de contrato de manutenção do consórcio "TNT".O que a CPTM está esperando para rescindir o contrato?
Nem mesmo prestes a deixar o cargo o sr.Mário Bandeira deixa de blindar as terceirizadas, daqui a pouco a TNT e a CAF vão explodir um trem .

SINFERP disse...

Ficamos sabendo. Quanto aos consórcios, é o de sempre: os ocupantes dos cargos mudam, mas as vantagens para os "parceiros" perduram.