sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Trens da Holanda usam laser para limpar trilhos

A companhia ferroviária da Holanda e a Universidade de Tecnologia de Delft estão desenvolvendo um sistema que utiliza raios laser para limpar os trilhos dos trens. A tecnologia utiliza feixes de luz infravermelha para aquecer os detritos acumulados sobre os trilhos antes que as rodas da locomotiva passem por eles.

O projeto está em fase de testes e usa a Laser Railhead Cleaner (LRC), tecnologia criada por um ex-engenheiro da marinha britânica. O dispositivo foi instalado nas rodas da frente de um dos trens da companhia e produz pulsos de luz infravermelha, de 1064 nanômetros. De acordo com pesquisadores, o comprimento de onda é absorvido somente pelos materiais orgânicos, incapazes de derreter o metal. Assim, não há riscos de danificar os vagões.

A solução poderá evitar atrasos e diminuir o risco de os acidentes. Ao passar por cima dos materiais orgânicos como folhas com as rodas pesadas, como acontece hoje, o trem acaba compactando-os em uma substância dura e brilhante que se torna extremamente escorregadia quando entra em contato com a água, podendo atrapalhar a tração dos veículos. O LRC é capaz também secar os trilhos depois de tempestades de neve e chuvas.

O dispositivo utiliza sistema de suspensão para proteger a ótica do laser a partir vibrações e pode ser usado em velocidades de até 80 km/h.

A próxima etapa do projeto é analisar por quanto tempo os trilhos permanecem limpos e calcular a frequência com que a limpeza é necessária e quantos trens devem estar equipados com a tecnologia.


Olhar Digital – 10/12/2014

Nenhum comentário: