domingo, 28 de dezembro de 2014

Em cidade do Rio de Janeiro, prefeitura cria empresa pública de transporte e zera tarifa

A prefeitura de Maricá (RJ), comandada por Washington Quaquá (PT), instituiu a Tarifa Zero no transporte público a partir da criação da Empresa Pública de Transportes (EPT). O transporte coletivo com tarifa zero iniciou a sua operação no último dia 18 com funcionamento 24h. O prefeito Quaquá declarou que o modelo deve servir de “exemplo” para o Brasil.
Na cidade de Maricá, que fica na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, há 40 anos apenas uma empresa controla o transporte público. Agora, com a EPT, os moradores podem optar pelas linhas gratuitas, totalmente custeadas pela Prefeitura. Moradores ou não poderão utilizar as quatro linhas (dez veículos).
“A tarifa zero é um benefício ao povo e incentivo ao desenvolvimento econômico da cidade, já que novos empreendedores poderão abrir negócios na cidade e não terão mais despesas com vale-transporte dos funcionários. Seremos um exemplo para o Brasil. A segunda parte do projeto prevê a integração do transporte gratuito às vans”, disse o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, no ato que marcou a inauguração da EPT.

GNN – 28/12/2014

Um comentário:

Paulo Lima disse...

Difícil isso ocorrer em cidades grandes. Isso só dar certo infelizmente(pra agente que moramos em grandes cidades, mais para quem é de cidades pequenas, desejamos que isso funcione legal) em Cidades pequenas, onde o subsídio da Prefeitura para empresas não seja tão grande.
Por exemplo, dois casos aqui nas duas Cidades vizinhas de Campinas(SP). No caso de Paulínia(SP) e Jaguariúna(SP), onde as passagens pelo que me parece, são gratuitas nos fins de semanas.
Mais uma vez falo, isso só funciona em cidades pequenas.