quarta-feira, 19 de novembro de 2014

China e Peru fecham grupo para ferrovia Peru-Brasil

Ferrovia: mais um passo foi dado na iniciativa de construção de corredor que conecte os oceanos Atlântico e Pacífico.

Pequim - Os presidentes da China, Xi Jinping, e do Peru, Ollanta Humala, assinaram nesta quarta-feira um memorando de entendimento para a criação de um grupo de trabalho trilateral que permitirá o avanço do projeto de conexão ferroviária bioceânica entre Peru e Brasil com participação chinesa.

Este foi um dos sete acordos que Xi e Humala assinaram na reunião realizada no Grande Palácio do Povo de Pequim, parte da visita oficial do líder peruano realiza à China após sua participação na cúpula do fórum de Cooperação Econômica Ásia Pacífico (Apec).

Fontes da delegação peruana indicaram que junto ao pacto sobre o corredor ferroviário, os líderes selaram também um acordo sobre cooperação econômica que prevê a doação de US$ 11,5 milhões da China ao Peru, e outros no setor de mineração e de petróleo.

Com a assinatura do memorando do grupo de trabalho sobre a ferrovia bioceânica, mais um passo foi dado na iniciativa de construção de um corredor que atravesse a América do Sul entre Peru e Brasil e conecte os oceanos Atlântico e Pacífico.

O acordo trilateral foi assinado pelo Ministério de Transportes e Comunicações do Peru, o Ministério de Transportes do Brasil e a Comissão Nacional de Desenvolvimento e de Reforma da China.

Xi e a presidente Dilma Rousseff já assinaram em julho um memorando de cooperação que permite o investimento de empresas chinesas em ferrovias brasileiras.

Além disso, o governo chinês doará ao Peru 70 milhões de iuanes (US$ 11,5 milhões) graças à assinatura de cooperação econômica e técnica e estabeleceram um mecanismo de diálogo estratégico sobre cooperação econômica entre os dois países.

Também foram trocadas notas sobre o projeto de construção e implementação do Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN), do Instituto Nacional de Defesa Civil do Peru, e sobre a doação de um lote de cadeiras de rodas da China ao Peru.

Antes da reunião com Xi, Humala foi recebido pelo presidente do Comitê Permanente da Assembleia Nacional Popular, Zhang Dejiang, em um encontro para aprofundar os laços entre os países.

Humala também deve inaugurar hoje o Festival Gastronômico do Peru em Pequim.


Exame.com – 12/11/2014

Nenhum comentário: