terça-feira, 15 de julho de 2014

Trem descarrila no metrô de Moscou e deixa mortos

Pelo menos 19 pessoas morreram em acidente. Descarrilamento também deixou mais de 120 feridos.

Um trem do metrô de Moscou - o principal meio de transporte da capital da Rússia -, descarrilou nesta terça-feira (15), deixando pelo menos 19 mortos e mais de 120 feridos, segundo a Reuters.

O comitê de investigação da Rússia disse estar examinando as causas do acidente, mas parece não haver suspeita de crime.

Passageiros feridos eram levados para fora das estações em macas, ensanguentados e com ataduras. Helicópteros transportavam para o hospital as vítimas em estado mais grave. Os passageiros estavam em estado de choque ou gritando quando levados para a superfície pelas equipes de socorro.

"Não há mais ninguém vivo para resgatar", disse o vice-prefeito de Moscou, Peter Biryukov. Ele acrescentou, entretanto, que ainda há corpos presos soterrados.

O acidente aconteceu na linha azul do metrô de Moscou às 8h30 (1h30 de Brasília), no trecho entre as estações Slavianski Bulvar e Park Pobedy, no oeste da cidade. Dezenas de ambulâncias foram enviadas à estação Slavianski Bulvar, que foi esvaziada. Um helicóptero também ajuda na remoção de feridos.

Investigadores disseram que uma elevação repentina na tensão elétrica provocou a parada do trem e fez com que diversos vagões saíssem dos trilhos entre as estações.

"O trem freou bruscamente. Saíram faíscas e havia muita fumaça. Fui empurrado contra algo e todo mundo caiu do mesmo lado", contou ao canal de televisão Moscou 24 um passageiro, com o nariz ensanguentado.

Pelo menos 200 pessoas foram retiradas do local do acidente.


G1 – 15/07/2014

Nenhum comentário: