sexta-feira, 4 de julho de 2014

Polícia de SP investiga morte em estação do metrô de SP

A Polícia Civil investiga a morte de um homem na estação Consolação do Metrô, na Linha 2-Verde. Ele caiu nos trilhos, por volta das 5h desta quinta-feira (3), no sentido Vila Madalena. A ocorrência não foi divulgada pela empresa, que só enviou nota nesta sexta-feira (4).
Outro homem ficou ferido. Ele teria tentado evitar a queda da vítima e acabou se ferindo. Um vídeo em circulação na internet o mostra sangrando muito na cabeça, enquanto recebe atendimento na plataforma da estação.
A estação Consolação não tem portas de plataforma, que impedem a queda de pessoas e objetos nos trilhos, especialmente em horários de superlotação.
A morte está sendo investigada pela Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), situada na estação Palmeiras-Barra Funda, na Linha 3-Vermelha.
Por meio de nota sucinta, o Metrô informou apenas que "lamenta a ocorrência" e que "está colaborando com a investigação". A empresa, que é controlada pelo governo do Estado, não esclareceu à reportagem o que provocou a queda do passageiro, embora haja várias câmeras de segurança instaladas no local.
Uol – 04/07/2014

Comentário do SINFERP


Vamos às hipóteses: 1) vandalismo; 2) sabotagem; 3) metroviário grevista; 4) black bloc; 5) suicídio; 6) mal súbito; 7) surto psicótico.  Qualquer coisa que não seja o risco que correm todos os usuários que estão na frente das plataformas quando da aproximação dos trens, e sem medidas protetivas.

Nenhum comentário: