segunda-feira, 23 de junho de 2014

Trem pé vermelho (PR)

Londrina (PR)
Projetos para a implantação do Projeto Pé Vermelho, vão ser selecionados pela Portaria do Ministério das Cidades. As obras pretendem ligar as regiões de Londrina e Maringá, em um trecho de 122 quilômetros, no valor de R$ 700 milhões. A obra é parte do Plano de Mobilidade e Trânsito do Governo Federal.
O custo da tarifa entre Maringá e Londrina pode ficar entre R$ 20 e R$ 30, com tempo de viagem variando entre 2h e 3h20. A capacidade total de passageiros seria em torno de 776 pessoas. O trem vem para competir com o transporte rodoviário.

O estudo de viabilidade foi realizado pelo Laboratório de Transporte e Logística (LabTrans), da Universidade Federal de Santa Catarina. O empreendimento foi aprovado pelo Comitê Gestor do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), no último dia 27 de fevereiro.


O Diário – 23/06/2014

4 comentários:

Paulo Lima disse...

affff, tem horas que cansa as vezes....
Vejo mais um TAV da vida, projetos, promessas, Audiências Publicas, depois aparece Empresas que se diz interessada no Empreendimento. Na hora da Licitação todos correm e fica deserta, depois o Governo leva-se mais de um ano para re-fazer editais. Depois chega no período Eleitoral, o Governo "Congela" o Projeto, com risco de engavetar de vez, para dar o lugar de outro novo Projeto que recomeça tudo de novo e leva-se mais de 10 anos só no blá blá blas. Por isso que as vezes me dar vontade de ir embora desse País.
E outra, essa Promessa do Trem Pé Vermelho, já é também falada há mais de 10 anos. Está na mesma situação do TAV, Trem-Regional Paulista e o Expresso Pequi proposto para ligar Brasília-Goiânia.
E outra, não estou aqui querendo ser "o Chatinho do blog" não. Estou querendo relatar a verdade desses tais projetos que é prometidos não sei quantas vezes, depois adia e engaveta.
Torço sim para esse Trem, mais sempre temos que fiar com pé atras, pela experiência de Nós termos de não se ver concretizar depois e levando décadas de promessas.

SINFERP disse...

Não é o "ohatinho", Paulo. Rsrsrs Concordamos com você. O problema é que, se deixarmos de publicar as notícias que quase nunca saem do papel, teremos que fechar o blog. Rsrsrsr Legal, aqui, é justamente ir colecionando essas promessas todas, pois temos, depois, como resgatar. Abraço

Paulo Lima disse...

Ah sim, as noticias de promessas de Trens de Passageiros, temos que acompanhar sempre sim!!
O que tinha falado, e que estamos cansados de tantos anúncios de novos Estudos, e depois não vá em frente nem mesmo passando anos de Estudos realizados.
E outra coisa, falei que era o "chatinho" porque tem pessoas que não gostam que faço criticas e relato a verdade.
Muito Obrigado Sinferp!! O Brasi é assim mesmo. Sobre esse Trem Pé vermelho, também é uma promessa antiga que já dura 10 anos, e o Trem de ligar Brasília-Goiânia já dura 15 anos(nem projeto basico tem dos traçados rsrsrs, pode isso??) e o nosso Famoso TAV já dura quase 50 anos de promessas de muitos Estudos gastos e jogados fora.

SINFERP disse...

De uma coisa você pode ter certeza: esses estudos, e que não saem do papel, custam uma grana preta, e foram pagos. Nem mesmo para fazer estudos os órgãos públicos servem.