sábado, 24 de maio de 2014

Alckmin não vai entregar metade do metrô que prometeu

Foto Diogo Moreira
Até agora, governo só entregou 6 dos 30 km previstos em 2011.
A sete meses de terminar a atual gestão Geraldo Alckmin (PSDB), o Metrô só conseguiu entregar 6 dos 30 Km de linha prometidos pelo governador em 2011. A meta foi repetida pela companhia em diversas ocasiões.

A previsão é que, até o final do ano, apenas mais 10 km sejam entregues. Ou seja: o governo só deve cumprir metade da promessa.
Pré-candidato à reeleição, Alckmin poderá participar das inaugurações caso elas aconteçam antes de 5 de julho — a partir dessa data, a Justiça eleitoral veta a presença de candidatos em eventos do tipo.
O Metrô trabalha para finalizar dois trechos da linha 15-Prata: o primeiro deles entre Vila Prudente e Oratório, com 3 km de extensão, e o segundo entre Camillo Haddad e Jardim Planalto, com 7 km.
A inauguração da linha estava prevista para 2013 e foi inicialmente adiada para janeiro. Mas, até agora, não foi entregue — a última previsão era que o início das operações acontecesse neste mês. Segundo o Metrô, o “entrave para abertura dessas estações se deve aos atrasos na entrega dos trens pela fornecedora”.

Também há previsão de entrega das estações Fradique Coutinho, Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie. As paradas, porém, ficam em pontos intermediários de trechos já inaugurados — e, portanto, não acrescentam novos quilômetros à rede.
Quatro estações

Desde que assumiu o governo, Alckmin inaugurou quatro estações — duas delas dentro do centro expandido da capital e outras duas em regiões mais periféricas.
A primeira estação entregue pelo tucano foi a Butantã, em março de 2011. Com isso, a malha, que tinha 69 km, passou a 70 km. Luz e República foram abertas seis meses depois, somando mais 4 km à rede. As três paradas são na linha 4-Amarela.
A cidade passou, então, dois anos sem novas estações. Em fevereiro, o Metrô ganhou mais 1 km, com a estação Adolfo Pinheiro, da Linha 5-lilás. Foi a última inauguração de Alckmin.
O Metrô afirmou que “a alteração nos prazos iniciais se deve a fatores externos como: recursos judiciais, demora na concessão de licença ambiental, ações judiciais para desapropriações, entre outros”.

Cartel

Polícia Federal e o Ministério Público investigam uma série de irregularidades nos contratos do Metrô Paulista. No ano passado, a Siemens relatou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que grandes empresas formaram um cartel para superfaturar obras. O esquema teria envolvido contrato das linhas 5-Lilás e a extensão da linha 2-Verde.


R7 -23/05/2014

4 comentários:

Paulo Lima disse...

Ola, olhe essa noticia sobre a Alstom, onde foi inaugurada o Centro de Pesquisa de Energia em Taubate(SP) e ao lado está em obras a futura fábrica de VLTs.

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2014/05/alstom-inaugura-centro-de-tecnologia-para-projetos-hidreletricos-em-taubate.html

Se voçes quiserem publicar, está aqui o link .Obrigado Sinferp

Paulo Lima disse...

Sobre a metade das obras que nem vai ficar pronto. Todos sabem que isso pe falta de gestão. E nao me convence de dizer que é falta de dinheiro e falta de projetos, tudo isso eles tem sim. O que falta é VERGONHA NA CARA DESSES GOVERNANTES.
Aqui mesmo em Campinas por exemplo, as obras do BRT é prometida desde 2012, até agora estão empurrando com a barriga com a desculpa que o Projeto ainda nao está pronto. Por isso que tenho nojo de politica envolvendo a parte de Engenharia e Tecnica, pela na politica que vem a Falta de Gestão que faz adiar por diversas vezes obras e projetos. Mais um patamar que o nosso Pais nao vai pra frente nunca!!!
Lembrei! O engraçado que esse Governador e seu Sec Jurandir Fernandes fica prometendo obras do Trem Regional entre Americana a Sao Paulo para o fim do ano ou inicio do ano que vem. Tá ok... acredito...

Paulo Lima disse...

Olha Sinferp, essa materia seria interessante postar no blog, onde o Pais cometeu o erro de adotar só o Rodoviarismo desde interligações pelo Pais e também pela Mobilidade URbana das Cidades.

Link:
http://www.dm.com.br/texto/177497

Obrigado Sinferp

SINFERP disse...

Belo texto, Paulo. Gratos pelo link. No ar.