quarta-feira, 9 de abril de 2014

Metrô e CPTM somam 140 falhas em 2014, segundo levantamento

Apuração foi feita pela equipe do Bom Dia Brasil. CPTM e Metrô negam; companhias dizem que foram apenas 37.

O Metrô e a Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) de São Paulo já falharam 140 vezes até esta segunda-feira (7), segundo levantamento realizado pelo Bom Dia Brasil. No Metrô, foram 74 problemas e na CPTM, 66.

Para o consultor de Engenharia Urbana e Transporte, Luiz Célio Bottura, falta manutenção. “Cada vez mais vai se usar mais e cada vez mais o tempo de manutenção será pequeno pra fazer o que é necessário fazer”, disse. Em 2013, no mesmo período, o Metrô falhou 75 vezes e a CPTM, 34 vezes.

As companhias negam os números e dizem que o total de problemas, na verdade, é de 37. Segundo o Metrô, são consideradas apenas as ocorrências que demoram mais de cinco minutos e comprometem a viagem. Assim, são apenas 21 neste ano. Já a CPTM diz que foram 16 em 2014, seis provocadas por raios e por enchentes e dez por falhas técnicas. As informações são do Bom Dia Brasil.

O gerente de relacionamento da CPTM disse que a maior causa de problemas é agravada pelos usuários. “A gente tem a ação do fechamento e abertura de portas como a incidência de maior recorrência no serviço. Porque as pessoas acabam segurando a porta do trem e isso retarda a partida dessa composição”, informou.

Sobre o problema da superlotação, a CPTM informou, também ao telejornal, que está comprando novos trens e investindo em infraestrutura para melhorar o serviço.

G1 – 08/04/2014

Comentários do SINFERP


A maior causa é agravada pelos usuários?  É! Entra ano, sai ano, e a CPTM é a mesma...

6 comentários:

Anônimo disse...

Falta de Manutenção , rsrsrs : Consórcio "TMT" dinamitando trens.........economizando até o talo......

SINFERP disse...

Economizando até o talo para maximizar os próprios lucros.

Paulo Lima disse...

Juro que me assustei, estamos ainda no começo do ano...
Estou com duvida, sou leigo. O Brasil está preparado para Copa em relação a Mobilidade Urbana? rsrsr...

SINFERP disse...

Sem dúvida não está preparado, Paulo Lima.

Paulo Lima disse...

Pois ah,por isso que estou p.. da vida com esse Governo. Falaram tanto em projetos de Mobilidade Urbana quando o Brasil ganhou para ter a Copa, e o que mudou desde 2007 pra cá??? Nada... mais transito e transito. E sem falar, que muitos Projetos de VLTs que previa para Cidades sedes, passaram tudo para BRTs, por pressão política rodoviarista. A sorte, que Cuiabá coseguiu o VLT, por isso que até hoje pela escolha do VLT para Cuiaba, me deixa muito feliz mesmo, porque lembro que a luta nao foi fácil, e muitos eram contra o VLT da Capital de MT, e só ficavam sugerido o BRT.
Essa luta, que nós FerroFãs ganhamos, pode ficar para nossa lembrança , que ao menos conseguimos vencer os defensores dos BRTs, que conseguimos o VLT para Cuiabá.
Até hoje Sinferp, sendo sincero. Estou feliz até hoje, pelo modal de Cuiabá que é o VLT, e não mais um simples BRT por ai pelo Brasil a fora.

SINFERP disse...

Nós também, Paulo.