quinta-feira, 10 de abril de 2014

Erro operacional foi causa de pane em trem, segundo Metrô-DF

Damiris Bubans
Passageiros ficaram desesperados e quebraram janelas de dois trens e caminharam pelos trilhos.
Um erro operacional foi o responsável pela falha técnica que parou dois trens do metrô, na manhã desta quinta-feira (10), segundo nota oficial divulgada pelo Metrô-DF (Companhia do Metropolitano do Distrito Federal). 
O incidente causou pânico entre os passageiros que seguiam de Águas Claras (DF) para a Rodoviária do Plano Piloto, região central de Brasília (DF). 
Também na Estação Concessionárias, em Águas Claras, um trem teve de interromper viagem por alguns minutos depois que um dos vagões apresentou problemas nas portas, por causa da superlotação. 
Ainda de acordo com a assessoria do Metrô-DF, o piloto esvaziou o vagão, na Estação Águas Claras, e seguiu viagem normalmente até a central. A situação foi normalizada às 8h15 e o metrô estendeu o horário de pico por mais 30 minutos.   

Nesta quinta-feira (10), por volta das 6h20, pelo menos dois veículos pararam de rodar em estações de Águas Claras. Desesperados, os passageiros precisaram quebrar os vidos e caminhar pelos trilhos para deixar o local. Segundo a nota do Metrô-DF, as vias foram desegernizadas para garantir a segurança dos usuários, que foram acompanhados pelo Corpo de Segurança Operacional.


R7 – 10/04/2014

8 comentários:

Paulo Lima disse...

Esse Metrô de DF, é outra PALHAÇADA também!!! No mesmo caminho da CPTM e Supervia, ou seja, a "estilo Brasil".
E até hoje, estou de luto pelo não andamento dos Projetos do VLT de Brasília, que mesmo após a Justiça tedo liberado. Esse atual Governador do DF do PT, não deve gostar muitos dos Bondinhos não, ele gosta mais de ônibus mesmo. Pelo é o jeito "Politico Brasil"

SINFERP disse...

Estamos entusiasmados com o VLT do Rio de Janeiro, até mesmo porque poderá servir de cartão postal para outras capitais, dentre elas São Paulo.

Paulo Lima disse...

Pra ser sincero, eu estou mais entusiasmado pelo VLT de Santos(SP), porque vejo que é uma obra que está em pleno vapor mesmo, a cada videos que a EMTU atualiza todo mês, veja uma baita rapidez nas obras, sendo que tem Estações que já estão quase prontas(já com trilhos).
No caso do VLT de Cuiabá(MT), também estou entusiasmado, mais nem muito feliz assim, porque as obras seguem passos de tartaruga, e nao vai ficar pronta esse ano.
No caso do Rio que voçê citou, estou feliz ao menos, que vai ter o VLT. Mais estou chateado porque que estão enrolando muito para o início das obras, e sem falar que só colocaram em exposição a Estética, só porque estamos em ano eleitoral e não quer dizer que as obras vão iniciar logo, pode demorar. Pelo menos o Túnel e o espaço para o Leito já estão prontos.
Ou seja, o VLT de Santos, vai ser o 1º do Brasil, em Bonde Moderno tipo Europeu.
E o 2º do Brasil, pode ser o de Cuiabá(MT) e talvez o 3º o Rio de Janeiro. O 4º pode ser Goiânia(GO) ou Brasília(DF).

SINFERP disse...

Também estamos, Paulo Lima, mas enxergamos o do Rio como uma espécie de modelo de cobiça nacional. É isso.

Paulo Lima disse...

Eh sim, agora entendi rsrsrrsrs. Mais é verdade mesmo, o VLT do Rio pode mesmo ser tornar Modelo Nacional, igual Curitiba por exemplo que é modelo dos BRTs.
Ou seja, é o 1º VLT do Brasil que não é atacado pela Imprensa, MPs, Justiça e Lobby das Empresas de ônibus, ou seja,o 1º em que ninguem está jogando pedra. Até estranho que a Mídia está falando "positivamente" desse VLT.
Porque os outros VLTs, no caso de Cuiabá(MT) e Santos(SP), jogaram muita pedra nesses Simpáticos Bondinhos rsrsrs....ou seja, só materias de Jornal falando negativamente dos VLTs, e ainda comparando o VLT de Campinas que não deu certo e dando privilégio ao BRT de Curitiba. Ou seja, nesses Jornal tem algum "favorzinho" por trás dos panos. Seja o caso do VLT de São José dos Campos, o ITA sugeriu o BRT da "noite para o dia" porque uma NOJENTA IMPRENSA local da Cidade, fez matéria só jogando areia no VLT e dando flores ao BRT.
Por isso que tenho ódio de algumas imprensas que fazem matérias compradas, e usando Jornalistas que nem conhece o VLT.
Me revolto as vezes Sinferp.

SINFERP disse...

Bingo, Paulo Lima, bingo. A única forma de apagar de vez a mística em torno dos BRTs de Curitiba é com uma experiência diferente, e em uma grande capital. Nós nos revoltamos sempre. rsrsrsr

Paulo Lima disse...

Por isso que sempre falo, já que Curitiba é referênia Nacional pelos BRTs(já saturados). Se Deus quiser, Cuiabá(MT), Santos(SP) e Rio de Janeiro. Vão se tornar exemplo pelos VLTs. Ainda há esperanças...

SINFERP disse...

Pela visibilidade nacional e internacional, Paulo, o Rio de Janeiro tem condições de melhor servir como referência.