sábado, 29 de março de 2014

Trem é incendiado no Rio e Supervia aponta 'ato criminoso'

Cabine do maquinista e um dos carros foram incendiados, diz Supervia. Por volta das 20h30, circulação no ramal Belford Roxo ocorria por uma linha.

Um trem que seguia para Belford Roxo, na Baixada Fluminense, teve a cabine do maquinista e um dos carros incendiados na noite desta sexta-feira (28). De acordo com a Supervia, o Corpo de Bombeiros e Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) foram acionados para controlar a situação. Eles trataram a situação como um "ato criminoso". Segundo a concessionária, ninguém se feriu.

Por volta das 20h30, a circulação no ramal Belford Roxo ocorria apenas por uma linha no trecho entre as estações Triagem e Pavuna/São João de Meriti. Nesse mesmo horário, não havia informação de vítimas.

A Agetransp informou que abriu um boletim de ocorrência para apurar as causas do incidente. Técnicos apuraram o atendimento prestado aos usuários e os procedimentos adotados pela concessionária Supervia para restabelecer a normalidade da circulação. Eles também fizeram uma perícia no trem que foi incendiado.

Atraso

Na noite desta sexta-feira, um trem que realizava o trajeto Central do Brasil-Belford Roxo apresentou um problema no pantógrafo (equipamento que liga o trem à rede aérea) enquanto estava na plataforma da estação Barros Filho.

Devido à ocorrência, os trens do ramal precisaram aguardar ordem de circulação e os passageiros estavam sendo informados sobre o ocorrido pelo sistema de áudio dos trens e das estações.

G1  - 28/03/2014


2 comentários:

Pregopontocom@tudo disse...

E essa porcaria foi eleita a melhor operadora de trens do ano......kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

SINFERP disse...

Pois é, pois é... Imagine, então, as piores. rsrsrs