quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Empurrada aos trilhos mulher perde o braço no Metrô e grávida cai na plataforma em estação da CPTM

Uma mulher teve o braço direito amputado após cair nos trilhos do Metrô na estação Sé na manhã desta terça-feira, 25. Testemunhas informaram à polícia que um homem, que aparentava ter distúrbios mentais, empurrou a encarregada Maria da Conceição de Oliveira aleatoriamente e saiu correndo "com um sorriso no rosto".

O caso foi registrado na Delegacia do Metropolitano (Delpom). Segundo a Santa Casa, Maria da Conceição está internada na UTI em estado estável. Ela completou 28 anos no dia do acidente, informou a família no hospital. O Metrô afirmou que o incidente ocorreu às 7h16. A circulação na Linha 3-Vermelha foi interrompida em um sentido para o resgate.

Polícia investiga agressão a grávida por agentes da CPTM

A grávida Nivanilde de Silva Souza, de 38 anos, está internada em estado grave depois de cair na plataforma ao ser abordada por seguranças na Estação Luz da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), às 22h desta terça-feira, 25.

Segundo o delegado Oswaldo Nico Gonçalves, titular da Divisão de Atendimento ao Turista (Deatur), responsável também pela CPTM, um funcionário de apoio de 17 anos queria impedir a entrada da mulher no vagão especial e o acidente aconteceu quando os seguranças foram retirá-la dali.

De acordo com a polícia, o funcionário alega que a passageira, que trabalha como vigilante, não apresentou documento comprovando que era gestante e por isso foi barrada.

Depois de cair e bater a cabeça, segundo a polícia, Nivanilde foi levada para a Santa Casa de Misericórdia em estado grave, onde ainda permanecia internada na manhã desta quarta-feira, 26.

O caso foi registrado na Delegacia do Metropolitano (Delpom) como abuso de autoridade e lesão corporal gravíssima. Os seguranças alegam que a mulher caiu em meio a confusão, quando tentava se soltar. Os agentes não foram presos em flagrante porque, até as 11h desta quarta, a CPTM ainda não enviou as imagens do circuito interno para averiguação, segundo a polícia. O adolescente também será investigado.
Procurada, a CPTM ainda não se manifestou.

O Estado de São Paulo – 26/02/2014

Comentários do SINFERP


Onde vai parar isso?

Um comentário:

Anônimo disse...

Segue reportagem http://noticias.r7.com/videos/sp-mulher-e-empurrada-nos-trilhos-do-metro-e-tem-braco-amputado/idmedia/530e79ae0cf2dbcf02fd052b.html