segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Metrô e CPTM falharam 29 vezes no mês de outubro

Enquanto isso...
Levantamento da BandNews FM registra mais de uma ocorrência por dia.

Os usuários do transporte público enfrentaram pelo menos 29 interrupções nos serviços da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e do metrô desde o início do mês em São Paulo. O número, segundo levantamento da Bandnews FM, representa mais de uma ocorrência por dia durante a semana, quando o sistema opera no limite da capacidade. 

O motivo das falhas, segundo o especialista em planejamento de transportes e professor da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), Telmo Porto, é a falta de linhas alternativas que se cruzam no percurso.

O mestre em Planejamento Urbano, especialista em transportes de alta capacidade, Marcos Kiyoto, concorda que as falhas enfrentadas em São Paulo são semelhantes às vividas em qualquer outra parte do mundo. O problema, segundo ele, é o efeito desastroso que pequenos defeitos podem causar devido à superlotação.

O metrô e a CPTM transportam juntos, em média, 7,2 milhões de passageiros por dia na capital e na Grande São Paulo. O número representa um aumento de 16% em relação ao ano passado.

Band – 28/10/2013

Comentário do SINFERP


Enquanto isso, “dá-lhe” propinoduto, gavetoduto, etc... Doutor Telmo, professor da USP, e diretor de negócios da TEJOFRAN, fornecedora de serviços para a CPTM. O homem que aceita como "segura" a colisão de trens quando em "até" 20 km/h. Conhecemos...

11 comentários:

alex sandro disse...

estamos cada dia melhor...

SINFERP disse...

Estamos, sim, mas a vigilância e a movimentação em busca de uma verdadeira transparência vai deixando os agentes públicos ao menos um pouco mais espertos.

Anônimo disse...

Consórcios Dinamites dinamitando trens..........

SINFERP disse...

Rsrsrsrs

Paulo Humberto disse...

Se o Governador for reeleito no ano que vem(provavelmente vai... porque o Povo tem memória curta.). Pode esperar que os Trens vão continuar tendo panes(nem que entre PT,PMDB, PV e outros Partidos no Governo do Estado) e tudo vai ficar na mesma, e a populaçao continuar reclamando e na hora de votar sempre votando nos mesmos Políticos só porque deu Cestas Básicas, Remédios, Dentadura, Vaga de Escolinha e Creche para o Filho, dinheiro e outros absurdos de compra de votos. Ou seja, daqui uns 4 anos nada vai mudar, e os Projetos para Expanção da CPTM, Modernização vai ficar na mesma, e outros Projetos dos Trens Regionais que futuramente vai ligar a Estação Àgua Branca a Sorocaba, outra Linha para Jundiaí(possível extenção até Campinas e Americana) e outra para Santos. Também só vai ficar no papel. Ou seja, não podemos ter mais esperanças em nada... já "miou" esses Sonhos. E ainda sem falar o que aconteceu o Trem-Bala da Dilma. A Licitação foi jogada num longo Prazo que nem tem data, ou seja, o seu destino foi para gaveta.

SINFERP disse...

Paulo Humberto, embora não sejamos, por motivos várias vezes expostos, para não defender as bicicletas, somos obrigados a respeitar o movimento que os chamados ciclo ativistas promovem para assegurar direitos. O problema é que os demais usuários não se organizam.

Paulo Humberto disse...

Pois eh, isso pra voçê ver como essas ONGs que lutam pelas bicicletas são tudo unidos com força, e mesmo assim o Governo não atende todas suas reivindicações e nem se quer implantam ciclovias fixas e no máximo só fazem essas CicloFaixinhas que fecha ainda mais o transito que já é congestionado, pra mim não passa de um "Puxadinho Político". Ou Seja, ao invés do Governo gastar um pouco mais para construir Ciclovias no canteiro central da Avenida, prefere gastar muito barato com tintas e cones só para marcar a ciclofaixa que só funciona domingo. Sou a favor das ciclovias além do VLT que tbn é ecológico. Já contra as Ciclofaixas(o mesmo de ser contra os Corredores de ônibus)
Já que o Governo nem atende direito dos Grupos de Ciclistas que lutam pelos seus direitos... Quem será de Nós Ferroviários que nem temos ONGs Fortes Organizadas???

SINFERP disse...

Tem muito "curtidor" de trens por ai. O problema é que parte desse imenso grupo fica no saudosismo, e outra com mania de ferrorama. O problema maior é outro: usuário de trem não tem organização.

Anônimo disse...

Respeito o movimento dos usuários de bicicletas , porém bicicleta é indicada para pequenos percursos . Vc acham que uma pessoa vai aguentar pedalar todo o dia a grandes distâncias : só se for maratonista , turista............Prefiro usar o trem para se locomover......

Anônimo disse...

isso sao as panes mais graves, q é preciso acionar PAESE. os defeitos sao inumeros.

SINFERP disse...

Também nós respeitamos, mas que tornou-se nas mãos dos políticos uma bandeira meramente demagógica, não temos nenhuma dúvida.