terça-feira, 22 de outubro de 2013

Há 102 anos era inaugurado o serviço de bonde em Lavras (MG)

Os bondes fizeram parte da história de Lavras, eles foram inaugurados em 1911 e serviram aos lavrenses por 58 anos, quando foram desativados em 1969.

Amanhã, segunda-feira, dia 21 de outubro, estará fazendo 102 anos que foi inaugurado a linha de bondes em Lavras, uma iniciativa do deputado Álvaro Botelho. O material para a implantação da linha foi encomendado da Alemanha, da Siemens.

Os bondes pertenciam a Rede Mineira de Viação, foram instalados na administração do engenheiro Francisco Manoel das Chagas Dória e inaugurado na administração Carlos Euler. O serviço contava com uma linha de 3 quilômetros, ligando a Estação Municipal ao outro extremo da cidade.

Havia dois carros de passageiros, um reboque e um trole para transportar mercadorias e bagagens. A estação dos bondes foi edificada na praça Barão de Lavras e a garagem na distribuidora, onde hoje é o prédio do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

A euforia da inauguração que representou um grande passo para o progresso de Lavras, levou a Câmara Municipal a denominar uma rua de Lavras de "21 de Outubro", o dia da inauguração do serviço de bondes. Outra homenagem foi a denominação de rua Chagas Dória, em agradecimento ao engenheiro Francisco Manoel das Chagas Dória.

Na ocasião da inauguração, fizeram uso da palavra os deputados federais: Álvaro Augusto de Andrade Botelho e Lamounier Godofredo, arrancando aplausos da multidão que compareceu à solenidade de inauguração. Apenas Belo Horizonte, Juiz de Fora e Lavras possuíam os serviços públicos de bondes em Minas Gerais.

Comentário: O que poderia ser um referencial à cidade nos dias atuais foi desativado por ordem e "visão" de algum "gênio" desses que somos obrigados a conviver no mesmo planeta.


Jornal de Lavras/CFVV – 21/10/2013

Comentário do SINFERP

E lembrar que em 1916 a cidade de São Paulo teve 227 km de trilhos de bonde.

Nenhum comentário: