quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Trens apresentam problemas e causam transtornos no Rio de Janeiro

Enquanto isso...
Pelo terceiro dia na mesma semana, trens da Supervia apresentaram falhas técnicas e causaram transtornos no Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, uma composição do ramal de Japeri, na Baixada Fluminense, apresentou um problema mecânico por volta das 6h. A falha foi no comando de portas do trem, que seguiu da estação de Comendador Soares para a de Mesquita, onde os passageiros passaram para outra composição. 
Segundo a nota da Supervia, o trem avariado que parou na estação de Mesquita foi retirado de circulação, já que o maquinista não conseguiu fechar as portas. A concessionária afirmou que o Centro de Controle de Operações disponibilizou outra composição que se encontrava em um desvio próximo à estação de Mesquita. Toda a operação durou cinco minutos e não gerou atrasos na circulação, segundo a Supervia. Na plataforma, no entanto, os usuários reclamavam do atraso e do transtorno provocado pelo problema mecânico.
No mesmo horário, a estação de Gramacho, também na Baixada Fluminense, estava lotada e os passageiros reclamavam do atraso dos trens. Uma das composições saiu muito cheia e uma mulher ficou com a mão presa na porta. O acidente deu início a uma confusão, que foi controlada por seguranças da concessionária. A Supervia informou que ofereceu auxílio médico à passageira, mas ela não aceitou e foi levada pelo marido para um hospital.
Terra – 26/09/2013

Comentário do SINFERP


O que os usuários não sabem, e as operadoras disfarçam não saber, é que elas têm responsabilidade objetiva por TUDO o que acontece com os passageiros, desde o momento que entram até que saem das estações. 

2 comentários:

Paulo Humberto Lima disse...

sem comentários... não sei quem ganha. Se é a Supervia ou a CPTM. De tantas panes.
Ano que vem tem eleições. E esses Governos do Estado, vao fazer todas as promessas de novo, e o mesmo povão que sofre com panes em Trens e ônibus que quebram no caminho, vão com certeza votar nesses mesmos Governos. Vergonha Brasil!!! Acorda Brasil!!

SINFERP disse...

Vamos ver o que dirão no ano eleitoral, né? Vão prometer soluções para "depois" das eleições, e por ai vai...