sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Princípio de incêndio atinge trem da CPTM

Enquanto isso...
Ouvintes da BandNews FM relataram que passageiros quebraram os vidros do vagão; Corpo de Bombeiros foi acionado.

Um trem da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) registrou um princípio de incêndio na manhã desta sexta-feira, segundo relatos de usuários da Linha 10-Turquesa, na região de Mauá. 

De acordo com os ouvintes da BandNews FM, os passageiros quebraram vidros por causa da fumaça, mas não há registro de feridos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência. A assessoria de imprensa da CPTM informou que está apurando o que aconteceu na Linha 10.

Falha em composição

Por volta das 6h20 desta sexta-feira, um defeito em uma composição na estação Utinga afetou a circulação dos trens da Linha 10-Turquesa. 

Uma composição, que ia sentido Rio Grande da Serra, apresentou uma falha no sistema de tração. O trem foi esvaziado e recolhido para manutenção. Às 7h30 a situação estava normalizada.

Linha 7 - Rubi 

Uma composição com defeito de tração ficou parada na estação Pirituba, da Linha 7-Rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) por volta das 7h desta sexta-feira. A assessoria de imprensa da CPTM informou que a situação entrou em processo de normalização às 7h30, e às 10h30 os trens da linha já circulavam normalmente.

Band – 27/09/2013

Comentário do SINFERP


Enquanto isso, “dá-lhe” Propinoduto, empreiteiras para todos os lados, terceirização de boa parte dos serviços tipicamente ferroviários, etc. 

10 comentários:

Anônimo disse...

É curiosa a postura deste sindicato ao posar de paladino da moralidade, quando o mesmo é co-responsável pelos problemas da CPTM ao lado do estado e da população (sendo que não existem santos ou inocentes, todos têm sua parcela de culpa pela situação atual da CPTM). Ao invés de assumir sua parcela de culpa e mudar sua postura e propor soluções para os problemas da CPTM, o sindicato feudal(pois dirigentes transformaram a organização sindical em suas propriedades, acumulando mandatos consecutivos e sufocando qualquer oposição) limita-se a atacar toda e qualquer iniciativa do estado. Assim, não saímos do lugar.

SINFERP disse...

Ah, agora o sindicato também é responsável pela lamentável situação em que se encontra a CPTM? Mas que interessante... Qual ou quais iniciativas do Estado deveríamos estar apoiando? Quem sabe se outros visitantes e leitores deste blog compartilham, também, sua posição de divisão coletiva de "culpa"?

Anônimo disse...

realmente não existe santo nessa historia, todos tem sua parcela de culpa, mas há de convir que a parcela de culpa do Estado e da CPTM é muito maior do que a do restante, certo? ou voce acha que quem tem o dever de solucionar os problemas da ferrovia é o sindicato? e aonde entra a gerencia da CPTM, a STM e o governo estadual nessa historia ???

SINFERP disse...

Bem, a primeira coisa a considerar é o termo "culpa". Melhor o termo "responsabilidade". Quem, afinal, é responsável pela administração da CPTM? Seus gestores, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos e, no plano maior, o governo do Estado de São Paulo. Também a considerar o termo "santo", indevido ao menos neste caso. Em discussão competência, sempre que possível com honestidade. O que está em discussão é a gestão do dinheiro público (uma vez que falamos de uma empresa majoritariamente estatal)e de aspectos de quantidade e qualidade desse dinheiro convertido em serviço prestado à população usuária, que é também contribuinte. Paga, portanto, duas vezes. Vamos responsabilizar a quem? Usuários? Ferroviários? Sindicato? O peso da responsabilidade está recaindo sobre o atual governo? Claro, pois ele está no governo, e não outro. Será melhor com outro? Não há como saber, pois esse tem 20 anos de permanência. Fatos, apenas fatos. A CPTM é melhor quando comparada com piores no país? Sim, mas isso não resolve o problema de ninguém. Tem que ser melhor porque pode ser melhor, independente de padrões comparativos com outras. No próprio Estado de São Paulo podemos comparar com o Metrô, sob gestão da mesma secretaria e do mesmo governo. Há como negar que os serviços do Metrô são melhores? Como se explica isso?

Wellington Diego disse...

Caro anônimo, não se esconda atrás do anonimato e tenha hombridade de assinar seus comentários rídiculos!Não faço parte de nenhum sidicato e muito menos de algum partido político!Sou apenas um passageiro dos trens da cptm e do metrô há mais de 10 anos!Dizer que a culpa não desse incompetente governo que criou a cptm e está no comando da administração do estad de SP há 20 anos é, no mínimo, ridículo, meu caro!Eu não tenho culpa da incompetência desses gestores da cppm, os quais até quaternizaram os serviços dos ferroviários. Essa mesma companhia virou um balcão de negócios das empresteiras e empresas no setor metroferroviário!Acompanho esse blog há alguns anos e venho defender o sindicato, pois o mesmo defende com unhas e dentes os ferroviários e passageiros da cptm!Chegar aqui e postar no anonimato coisas como essas é típico da incompetência dos atual governo paulista, o qual desalojou o sindicato, por pura perseguição, de sua sede social!Explique, para nós passageiros, qual a nossa parcela de culpa dos atrasos, lotação, falta de manutenção, baixos investimentos, compra de trens novos em vez de se investir primeiramente na infraestrutura etc etc??????

SINFERP disse...

Gratos pela força, Wellington. De fato você nos acompanha, e faz tempo. A propósito, Wellington, a associação de usuários está em fase de decisão junto a outras entidades parceiras. Difícil foi arranjar uma forma nos campos jurídicos, financeiros, institucionais e logísticos, mas está indo. Abraço.

alex sandro disse...

é facil falar besteiras sem dar as caras...

Wellington Diego disse...

Sempre estarei ao lado de vocês, sindicato, pois defende os ferroviários e os passageiros contra essa corja da cptm!Espero ver em breve essa associação e parabéns pela iniciativa cultural!Conte comigo sempre!Abraços a todos aí!

SINFERP disse...

Conte também conosco, Wellington, sempre que entender necessário.

SINFERP disse...

Isso é verdade, alex sandro. Abraço.