quinta-feira, 21 de março de 2013

Terceirizados param trens de Salvador


Os trabalhadores terceirizados dos trens de Salvador pararam nesta quinta-feira, 21. Os funcionários de limpeza, bilheteria e segurança reclamam de atraso no pagamento do salário que deveria ter sido feito até o dia 7 de março. "Os atrasos têm sido recorrente. Eles deveriam receber no quinto dia útil, mas só recebem no dia 15, 16. Esse mês foi pior, hoje já é 21 e não tem previsão para pagar", reclama Josildo Bezerra, secretário do Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza da Bahia (Sindilimp).

Os ferroviários não aderiram ao protesto, já que estão com o pagamento em dia, de acordo com secretário do sindicato da categoria, Jobens Ferreira. Apesar da paralisação não atingir os ferroviários, os trens não estão rodando nesta quinta por falta de segurança e funcionários da bilheteria.

A suspensão no serviço prejudica as cerca de 14 mil pessoas que utilizam diariamente o sistema ferroviário.

A reportagem tentou contato com a Companhia de Transporte de Salvador (CTS) através de sua assessoria, mas não obteve sucesso.

A Tarde – Paula Pitta - 21/03/2013

Comentário do SINFERP

Bilheteiros terceirizados? Afinal, quem são os trabalhadores ferroviários da CTS? 

4 comentários:

Anônimo disse...

a terceirizaçao precariza os serviços, precariza os direitos dos trabalhadores q sao explorados ao maximo pr essas empresas, e ainda oneram muito mais o gasto publico. cade o MPE e TCE da bahia?

SINFERP disse...

No mesmo lugar que MPE e o TCE de São Paulo: dormindo e fazendo de conta de que não sabem de nada.

Anônimo disse...

houve uma ação - já julgada - no Ministério Público, para parar a terceirização das bilheterias, por se tratar de atividade fim da ferrovia arrecadar as passagens dos usuários, mas, não houve pressão por parte do Sindferro para que ela fosse cumprida.
O não pagamento dos terceirizados deve ser uma manobra de ACM Neto para repassar esta dívida ao Estado.

SINFERP disse...

Evidente que bilheteiros (e não apenas eles) não podem ser terceirizados.