terça-feira, 5 de março de 2013

SINFERP coloca-se a disposição do prefeito de Osasco para discutir projetos de transporte de pessoas sobre trilhos


Prefeito Jorge Lapas
O SINFERP se fez representar, por intermédio de seu dirigente Evângelos Loucas, em mais um evento promovido pelo Conselho Intersindical de Osasco e Região, em 1 de março último, no Teatro Grande Otelo em Osasco.

O evento contou com a presença do prefeito Jorge Lapas, de Osasco, além de outras autoridades. No encontro o prefeito manifestou desejo de manter estreito contato com as entidades sindicais de Osasco, e solicitou delas propostas para a cidade.

Em sua fala o SINFERP, na qualidade de único sindicato ligado ao setor de transporte presente, esclareceu que tem, sim, projetos para a cidade, em particular sobre trilhos, e que está inteiramente a disposição do prefeito para apresenta-los e discuti-los. 

4 comentários:

Juca Pastori disse...

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, quer construir uma avenida onde passa o linhão da Eletropaulo, na ZN. Esse linhão vai do Campo de marte até Santana do Parnaíba, passando por Osasco e Alphaville.

Penso q um projeto de aeromóvel, usando a estrutura de concreto para proteger a fiação de alta energia e o sistema de propulsão a ar comprimido para refrigerar os cabos e aumentar a condutividade e vida útil destes, seria muito interessante para empresários q usam o Campo de Marte e podem residir em Alphaville, além de servir a Estação Carandiru e Tietê do Metrô. Seria uma parceria entre municípios (se não me engano, ambos petistas), governo do Estado via CPTM (se tem interesse pela tecnologia do aeromóvel) e distribuidora de energia responsável pelo linhão (pelas vantagens de manutenção e preservação da fiação, além de óbvia fornecedora de energia para o sistema).

Q vale mais? uma avenida congestionada a mais ou um modal de qualidade e descentralizador?

SINFERP disse...

Ideia interessante, Juca. Quanto a CPTM, ela tem um problema: é avessa a ideias. Infelizmente o aeromovel mal está decolando em seu local de origem - Porto Alegre. Haddad, infelizmente, não avançou para os trilhos.

Anônimo disse...

até onde sei , as areas sob as linhas de transmissao devem ser livres de qualquer ocupaçao humana. claro q há trechos em que elas atravessam avenidas, mas ocupar todo o leito das linhas de transmissao nao é permitido por lei, tanto q nem favela tem (pode ter do lado, mas embaixo nao).

SINFERP disse...

Gratos, Anônimo. Uma informação importante.