terça-feira, 12 de março de 2013

SINFER não participará da segunda rodada de "negociação" do ACT 2013/14 nesta quarta-feira


O presidente do SINFER, Rubens dos Santos Craveiro, comunicou hoje, ao presidente da CPTM, que a entidade não comparecerá à segunda reunião de “negociação” do Acordo Coletivo 2013/2014, a ocorrer nesta quarta-feira, 13 de março. A comunicação foi resposta a convite do presidente da CPTM, formulado ao presidente do SINFER, depois que, na primeira reunião, do dia 6 último, os demais sindicatos se recusaram a negociar com advogados contratos pela empresa, e exigiram a participação do SINFER. O motivo da recusa deve-se, como desde o início, ao fato de a CPTM estar impondo (e não negociando) condições para que o SINFER participe.

2 comentários:

Anônimo disse...

isso prova q a CPTM tem pessimos gestores. o q ela afrontando a categoria, como se fossemos inimigos da empresa? a CPTM pelo tamanho e importancia era para ser uma empresa onde todos gostariam de trabalhar e quem trabalha nao gostaria de sair,mas está dificil. a empresa parece jogar contra ela mesma, contra os funcionarios e contra o populaçao q utiliza de seus serviços. nao tem plano de carreira, nao tem tratamento digno , a rotatividade aumenta e qualidade cai. isso sem contar as terceirizaçoes. a empresa está seguindo um caminho muito mal. uma pena.

SINFERP disse...

Também lamentamos Anônimo, mas ficamos sensibilizados com a sua definição. A CPTM tornou-se LITERALMENTE o que você tão bem descreveu. Um forte abraço.