terça-feira, 5 de março de 2013

IBAMA multa ALL por acidente entre trens em São Vicente (SP)


Multas são por danos ambientais e problemas no abastecimento de água. ALL está monitorando a área de acordo com a orientação do IBAMA.

Em decorrência do acidente entre dois trens no começo deste ano na Serra do Mar, perto da estação de Paraitinga, em São Vicente, no litoral de São Paulo. O IBAMA vai multar a América Latina Logística (ALL).

Serão duas multas, uma de R$ 25 mil  pelos danos ambientais causados na área e outra de R$ 51 mil , pelos danos causados no abastecimento de água, já que o vagão vazou óleo nos mananciais.

Em contato com a TV Tribuna a ALL, que opera a linha férrea, informou que ainda não foi notificada das multas e disse que desde o acidente está monitorando a área e tomando todas as medidas necessárias de acordo com a orientação do IBAMA.

Colisão

O acidente aconteceu por volta das 2h10, na altura da cidade de São Vicente, em um local de difícil acesso. De acordo com a América Latina Logística (ALL), empresa que administra a linha férrea na região, o trem colidiu com a cauda de outro trem de cargas que aguardava a entrada no pátio ferroviário, no km 100 da ferrovia, na Serra do Mar. Os vagões da empresa estavam carregados com açúcar e grãos. Aproximadamente mil toneladas de carga ficaram espalhadas pelo chão.

Uma das máquinas pegou fogo, que foi contido posteriormente pelas equipes de atendimento. Segundo o Corpo de Bombeiros de São Vicente, que também foi acionado, o incêndio foi controlado e ninguém ficou ferido.

G1 – 04/03/2013

4 comentários:

Anônimo disse...

só isso?

SINFERP disse...

Só isso, Anônimo, só isso. Este é o país...

Karen Cardoso disse...

Boa tarde, tenho visto inúmeros acidentes ferroviários de atropelamento ou abalroamento e por isso decidi fazer uma pesquisa e futuramente um artigo ou tcc em minha pós graduação. Acompanho sempre o blog mas vejo que aqui e na mídia em geral comenta-se muito sobre tais acidentes porém pouco se fala em soluções eficazes e é exatamente neste ponto que pretendo focar meu estudo. Você poderia me indicar alguma fonte que me ajude na busca destas soluções? Na sua opinião quais seriam as medidas para minimizar tais acidentes? (atropelamento e abalroamento).
Espero que possa me ajudar. Parabéns pelo blog. Obrigada .

SINFERP disse...

Boa tarde, Karen. Acidente ferroviário deve-se, quase sempre, a disfunção técnica, humana ou ambas. Trens e ferrovias são técnicas antigas, conhecimentos dominados, de onde a indignação diante de acidentes. Na maior parte das vezes devem-se a falta de manutenção adequada da via permanente (trilhos e dormentes), na aquisição ou manutenção de sistemas de sinalização, na aquisição e manutenção de rede aérea (cabos, subestações, etc) e na aquisição e manutenção do material rodante (os trens). Quando esses elementos não estão todos adequados uns aos outros, e bem mantidos, a probabilidade de acidente aumenta. Lembrando que um único trem de passageiros (com oito carros) pode transportar até 2.000 pessoas em apenas uma viagem, imagine a importância de cuidados com tudo isso.