sexta-feira, 29 de março de 2013

Aumenta presença de turistas brasileiros nos trens europeus


Empresa de trens europeus Rail Europe diz que a venda de passagens a brasileiros aumentou 8% em 2012
São Paulo, 29 mar (EFE).- A empresa franco-suíça Rail Europe, responsável pela venda de passagens de trem no velho continente, destacou que a demanda por seus serviços aumentou no último ano no mercado brasileiro, afirmou nesta sexta-feira uma fonte da empresa.
'O viajante brasileiro está mais maduro e não tem medo de usar um meio de transporte que não conhece', afirmou hoje à Agência Efe a gerente da Rail Europe na América do Sul, María Corinaldesi.
A venda de passagens em trens europeus comercializadas pela Rail Europe no Brasil aumentou 8% em 2012 e a participação do país sul-americano atingiu esta mesma porcentagem no lucro líquido da empresa, que foi recorde com 200 milhões de euros (US$ 256,5 milhões) no ano passado, segundo a companhia.
María considerou que a expansão no Brasil obedece 'uma combinação de fatores e o aumento do poder aquisitivo das pessoas', além dos laços culturais e familiares de muitos brasileiros com os países europeus.
'Os brasileiros também entenderam que o fato de viajar em trem não necessariamente tem que ser mais barato, pois são oferecidos serviços de luxo para que o cliente viaje com muito mais conforto do que em qualquer outro meio de transporte', afirmou.
No entanto, María disse que em termos do custo-benefício pode ser melhor se locomover dentro da Europa em trem do que em avião, pois a rede ferroviária chega diretamente aos centros das cidades, enquanto a maioria dos aeroportos está em lugares afastados.
'A evolução do trem como transporte imprescindível é uma realidade na Europa e com o aumento de brasileiros e latino-americanos nos trens europeus, com sua familiaridade com este transporte, eles podem no futuro exercer algum tipo de pressão para reativar este meio na América Latina', ressaltou a executiva.
O Brasil passou nos últimos três anos do oitavo para o quinto lugar na lista de consumidores de produtos e serviços da Rail Europe, atrás de Austrália, Coreia do Sul, Japão e Índia.
Segundo a gerente da Rail Europe para a América do Sul, em 2013 a empresa ampliará sua gama de serviços na região, mediante estratégias de marketing e alianças com outras companhias, além da facilidade para a compra na internet em moeda e idioma locais. EFE
Exame – 29/03/2013

Comentário do SINFERP

Brasileiro gosta de viajar de trem. Não viaja em seu próprio país pela mais completa inexistência deles.

Nenhum comentário: