domingo, 3 de fevereiro de 2013

Raio atinge Mogi (SP) e circulação de trens fica lenta

(foto Pedro Carlos Leite)

Os trens circulam com velocidade reduzida e intervalo maior. Até as 18h47, CPTM não sabia informar quando sistema seria normalizado.

Um raio atingiu Mogi das Cruzes na altura da estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de Brás Cubas e causou transtornos aos passageiros na tarde deste sábado (2). A informação foi passada pela assessoria de imprensa do órgão, que até as 18h53, não sabia informar quando a normalização do sistema deveria ocorrer.

Em razão do fato, os trens estão operando com velocidade reduzida e com intervalos maiores, de pelo menos 30 minutos.

A jornalista Gisele Federicce contou por telefone ao G1 que por volta das 18h o trem em que estava, sentido Mogi das Cruzes, parou na estação de Ferraz de Vasconcelos e permaneceu por 15 minutos no local. Depois deste tempo, todos os passageiros foram orientados a descer. "Tinha muita gente, muitos xingaram, mas não houve tumulto. Depois de algum tempo, quase no momento de embarcarmos em outro trem, que fomos informados que a velocidade estava reduzida por causa da chuva", relatou.

G1 – 02/02/2013

Nenhum comentário: