sábado, 9 de fevereiro de 2013

Mulher é baleada dentro de estação de trem no Rio; segurança é suspeito


Uma mulher foi atingida com um tiro no pé quando estava na plataforma da estação de trem Senador Camará, na zona oeste do Rio, a noite de sexta-feira (8). Segundo a polícia, o nome da vítima é Joice Rodrigues da Silva, 28. De acordo com a polícia, o suspeito de efetuar o disparo é Carlos José Vieira Magalhães, agente de segurança terceirizado para a SuperVia, empresa que administra o serviço de trens no Rio.

Ele fugiu do local. Os policiais que foram verificar a ocorrência ouviram da vítima que o tiro teria partido da arma do segurança. Testemunhas disseram que o agente efetuou o disparo para dispersar um grupo de pessoas que discutiam na estação. Ainda de acordo com a PM, Joice foi socorrida por outros passageiros e levada para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, também na zona oeste.

O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu). A delegacia informou que será realizada perícia no local e testemunhas vão ser chamadas para prestar depoimento. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Joice teve alta do hospital na manhã deste sábado (9). Outro lado Em nota, a SuperVia informou que agentes de segurança da empresa acionaram o Corpo de Bombeiros e o Grupamento de Polícia Ferroviária (GPFer) para prestar atendimento à passageira.

A concessionária disse ainda na nota que designou equipe de assistentes sociais para prestar total assistência à vítima e que está prestando todo apoio necessário à polícia para o esclarecimento do caso. A concessionária não comentou sobre o funcionário suspeito de disparar contra a jovem.

Mídia Max – 09/02/2013

Comentário do SINFERP

Ah, a SuperVia não comentou sobre o agente terceirizado? Pouco importa, pois a responsabilidade é toda da SuperVia, e prestar assistência à vítima é apenas PARTE de suas obrigações.

Nenhum comentário: